Como introduzir uma dieta mais saudável para os pequenos?

A má alimentação na infância, além de gerar problemas na qualidade de vida da criança, também pode levar a diversos problemas de saúde como a obesidade infantil e a diabetes. A introdução de uma dieta balanceada e saudável desde o começo da vida ajuda a evitar tais problemas, mas sempre há tempo para readequar a dieta das crianças.

Confira abaixo 4 dias para introduzir uma alimentação mais saudável para os pequenos:

1. Envolva a criança no processo de preparação das refeições. Além de se sentirem parte de algo maior, as crianças desenvolvem mais apreço pelo alimento.

2. Trabalhe a criatividade! Pode ser que uma porção de brócolis cozido não atraia a criança logo de cara, mas introduzi-lo em um molho ou ralado no arroz pode facilitar para desenvolver o interesse.

3. Seja o exemplo! Os pequenos são facilmente influenciáveis e irão confiar no que você mostrar que vale a pena testar. Por isso, comece mostrando como os legumes e verduras podem ser saborosos e beneficiá-los.

4. Seja persistente. Claro que introduzir uma dieta nova pode ser um desafio. Por isso, é preciso continuar testando diversas receitas até encontrar uma que ajude a convencer a criança que uma alimentação saudável pode ser muito saborosa.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o blog para ver mais e nos siga nas redes sociais!

Como evitar alergias na Primavera?

Você é daqueles que quando chega a Primavera já se prepara para as crises alérgicas e rinite? Pois saiba que você não precisa passar toda a estação sofrendo com alergias severas e medicação! Algumas atitudes simples, como secar as roupas no sol para evitar ácaros, podem ajudar a tornar essa estação menos sofrida.

1. Busque limpar regularmente a casa para evitar acúmulo de pó e outras partículas. A limpeza dos tapetes, almofadas e cortinas também deve ser redobrada!

2. O ar condicionado em temperatura amena ajuda a purificar o ar. Mas lembre-se que para isso é preciso que o filtro do aparelho esteja limpo. Caso contrário, as alergias podem piorar.

3. Evite produtos de limpeza com odor muito forte. Eles podem intensificar ainda mais as alergias causadas pela Primavera.

4. Busque secar as roupas que mais utiliza no sol, para que as peças não acumulem ácaros e outros microorganismos que podem piorar a rinite.

5. Evite locais com muitas flores e vento, como jardins. Por mais que sejam uma opção de passeio agradável durante a Primavera, esses locais tendem a acumular ainda mais pólen, o que prejudica a respiração.

6. Por último, não se esqueça de sempre lavar o nariz com soro fisiológico pelo menos uma vez ao dia, para remover impurezas e manter as vias respiratórias limpas e abertas.

Gostou das dicas? Siga o blog do Dr. De Carli para receber mais!

5 Dicas Para Cortar De Vez o Cigarro

A obesidade e o tabagismo são duas das principais causas de câncer na atualidade. Livrar-se desse vício pode ser difícil, mas garante uma vida muito mais longa e próspera. Confira:

1. Evite locais com muitos fumantes. Assim como uma pessoa que está buscando perder peso não se sentirá à vontade indo à um restaurante de fast food, estar em um ambiente com muitas pessoas fumando pode não ser o ideal.

2. Busque apoio das pessoas que você ama. Peça que colaborem com suas restrições e que tentem lhe ajudar com as dificuldades diárias de cortar um vício, incentivando com palavras ou criando ambientes menos propensos a cair novamente no vício.

3. Quebre a sua rotina. O tabagismo se torna sempre uma parte crucial da vida do fumante. Seja na parada do ônibus ou no intervalo de almoço, o cigarro está sempre presente. Evite manter a mesma rotina enquanto tenta parar. Isso colabora para virar as coisas e desafixar a mente do vício.

4. Foque em novas atividades. Encontre uma outra atividade para realizar nesses intervalos do cigarro, como um jogo no celular ou uma caminhada para arejar a cabeça.

5. Nunca desista. Continue tentando mesmo se falhar diversas vezes. Você nunca sabe quando estará realmente pronto para abrir mão desse vício e dar início a sua nova vida.

4 Benefícios da Terapia Para a Nossa Saúde


Você sabia que a terapia comportamental pode ter grande influência sobre nossa saúde física e bem-estar? Confira abaixo alguns dos principais benefícios do acompanhamento psicológico:

1. A terapia traz de volta a motivação para novos desafios
Na terapia você irá aprender melhor a lidar com o medo de novos desafios e também se sentirá mais motivado para encará-los. Se você está batalhando contra começar novos exercícios ou estabelecer hábitos mais saudáveis, na análise você terá alguém para lhe incentivar nessas novas medidas.

2. Ajuda a melhorar seu sono
Com menos preocupações na cabeça, as noites de insônia tendem a diminuir. Com o ganho energético de noites bem dormidas, você terá mais disposição para outras atividades do dia.

3. Você melhora seu autoconhecimento
Se conhecendo melhor é possível entender com mais facilidade seus limites e seus desejos e criar uma rotina mais saudável e positiva que funcione para você.

4. Ajuda a prevenir quedas emocionais
Muitas vezes, relacionamentos complicados com a comida ou os exercícios podem gerar vícios indesejáveis que prejudicam a saúde. Na terapia, você aprenderá a gerir melhor esses grandes impactos emocionais e poderá lidar melhor com as recaídas.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o blog para ver mais e nos siga nas redes sociais!

4 Dicas Para Driblar o Sedentarismo na Quarentena

Longos períodos em casa normalmente significam menos tempo ativo e mais relaxamento. Porém, algumas dicas são importantes para que você possa se manter ativo e disposto mesmo durante a quarentena, evitando o ganho de peso e as dores corporais. Confira abaixo:

Dica 1: Pratique exercícios leves diariamente
A prática de exercícios diária não precisa envolver longas corridas ou atividades intensas. Tirar alguns minutos do seu dia para praticar alguns alongamentos, yoga ou até mesmo dança irão colaborar para dias mais energéticos e dispostos.

Dica 2: Alongue-se!
Um dos pontos mais importantes para evitar as dores intensas na coluna e outras partes do corpo é realizando alguns exercícios básicos de alongamento ao acordar. Você com certeza se sentirá mais disposto.

Dica 3: Coma verdes
A frustração da quarentena pode acabar gerando o desejo por alimentos mais calóricos e gordurosos, consequentemente levando a hábitos alimentares ruins. Evite! Busque manter suas refeições coloridas e verdes com muitos legumes e frutas.

Dica 4: Durma acorde cedo
Outra consequência de ficar em casa se dá por conta do relaxamento em relação aos horários. Com horas mais flexíveis para o trabalho/rotina, a tendência é que percamos o costume de dormir cedo. Busque manter seus horários regulados para que seu organismo também se mantenha.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o blog para ver mais! Tem alguma outra dica importante na quarentena? Compartilhe nos comentários!

Os efeitos da amamentação na redução dos riscos de obesidade

A obesidade já é considerada uma epidemia global e vem afetando cada vez mais pessoas desde a infância até a vida adulta. Mas você sabia que o aleitamento materno ajuda a prevenir riscos de obesidade em bebês?

Segundo pesquisas realizadas na Universidade de Munique, na Alemanha e coordenados pelo pediatra alemão Berthold Koletzko o leite materno torna possível a diminuição de 20% a 25% no risco de excesso de peso durante a vida do bebê, desde a infância até a fase adulta. Um dos motivos pelos quais isso seria possível teria relação com a alimentação oscilante ao longo do dia que favorece a autorregulação do apetite e, consequentemente, o desenvolvimento do mecanismo de saciedade.

Outro motivo para isso também está no fato das fórmulas prontas possuírem índices de proteína extremamente altos (chegando até a 5 vezes mais que os do leite materno), o que por sua vez alteraria a autorregulação do consumo de energia nos primeiros anos de vida.

Por isso, a indicação é sempre que o aleitamento materno seja realizado pelo menos até os 6 meses de vida do bebê, podendo então seguir para uma dieta balanceada e complementar de alimentos mais sólidos como papinhas.

4 mitos sobre a cirurgia bariátrica

Ao pesquisar inicialmente sobre os procedimentos da cirurgia bariátrica, você irá se deparar com diversas informações confusas que podem assustar ou gerar insegurança. Abaixo, desmistificamos 5 conceitos populares sobre a bariátrica.

Mito 1: Posso comer de tudo sem engordar após a cirurgia
Após a bariátrica, ainda é preciso tomar cuidados com a alimentação e buscar uma rotina alimentar saudável. Caso contrário, o paciente poderá engordar novamente e sofrer com questões de saúde relacionadas ao peso.

Mito 2: Não poderei nunca mais comer alimentos que consumia antes
É claro que para manter os resultados após a cirurgia é importante se adequar a uma rotina alimentar mais saudável. Porém, você ainda poderá consumir os alimentos de antes, apenas em quantidades reduzidas e de forma mais consciente.

Mito 3: Pacientes do sexo feminino que realizam a bariátrica não podem engravidar
Pelo contrário. A perda de peso após a cirurgia melhora as chances de gravidez por parte da paciente, devido a redução do quadro de obesidade. Porém, a indicação é que a paciente tente esperar pelo menos 2 anos após  a cirurgia para tentar uma gravidez de forma segura e tranquila.

Mito 4: A cirurgia bariátrica é mais arriscada que a maioria
Com a evolução das técnicas cirúrgicas e, principalmente, com o método de cirurgia robótica disponível, os riscos deste tipo de procedimento reduziram muito e seguem diminuindo a cada dia.

Tem mais dúvidas sobre a cirurgia bariátrica? Agende sua consulta com o Dr. De Carli e entenda tudo que você precisa saber para realizar o seu procedimento tão esperado. Entre em contato através do telefone: (51) 3228-8304. Esperamos você!00

06 opções para substituir o chocolate

Apesar de muito saboroso, o chocolate ao leite pode ser um alimento bastante prejudicial da maioria das dietas, principalmente por conter altas quantidades de açúcares e gorduras. Mas para que você possa aproveitar um docinho ou sobremesa sem culpa, indicamos aqui 6 opções de substituições para quem quer todo o sabor de um docinho, sem os malefícios do açúcar processado.

1. Chocolate amargo
Pode parecer que não, mas ainda que seja chocolate, a versão amarga possui bem menos gordura e açúcar e muito mais cacau, proporcionando o prazer de um docinho sem tantos malefícios para a saúde.

2. Frutas assadas
Assar frutas como abacaxi e pêssego com um toque de mel ou canela é uma opção perfeita para os dias mais frios que pedem uma sobremesa reconfortante. As frutas contém uma quantidade de açúcares naturais adequada para substituir bem o desejo por chocolate.

3. Mix de nozes
Com um sabor semelhante à pasta de avelã, o mix de nozes é uma boa opção para ter sempre à mão. Você também pode criar uma pasta de avelãs ou amendoim e consumí-la em uma fatia de pão integral para um lanche saboroso e adocicado.

4. Sorvete natural caseiro
Quer uma alternativa mais refrescante para os dias quentes? Os sorvetes naturais de frutas são super fáceis de fazer e acabam com a vontade de uma sobremesa gordurosa!

5. Chicletes sem açúcar
Ainda que não matem 100% a vontade de chocolate, os chicletes ajudam caso você esteja ansioso ou entediado e queira uma opção doce e rápida para mascar.

6. Doces veganos
Caso a vontade de um doce clássico (como um brigadeiro ou torta) seja muito intensa, os doces veganos podem ser uma ótima opção. Seu sabor se mantém bastante similar às versões originais, mas com ingredientes mais saudáveis e com menos gordura.

Para mais dicas, continue acompanhando o blog e siga o Dr. De Carli no Facebook!

Quatro alimentos que ajudam a desinchar.

A sensação de inchaço costuma vir acompanhada de diversos outros desconfortos: calças mais apertadas, estômago pesado, respiração alterada, entre outros. Esses sintomas normalmente costumam ser ocasionados por hábitos ruins de alimentação, como o consumo excessivo de alimentos com sódio (produtos enlatados, embutidos, refeições preparadas com muito sal, etc).

Mas, felizmente, existem algumas formas de driblar o desconforto. Confira abaixo 4 alimentos que facilitam a digestão e aliviam o inchaço.

• Iogurte: Saboroso e prático, o iogurte é uma das escolhas favoritas para um lanchinho da tarde saudável. E ele também é uma ótima opção para aliviar os inchaços. Ricos em probióticos, eles facilitam a digestão e acalmam o estômago.

• Gengibre: O gengibre é um dos alimentos com mais benefícios nessa lista. Bactericida, desintoxicante e com ações termogênicas. Além de deixar qualquer comida mais saborosa, ele irá trazer grandes melhorias para sua saúde.

• Melão: Uma fruta leve, adocicada e saborosa! Além de ser rico em fibras e água, que facilitam a digestão e desincham o estômago.

• Mamão: Mais uma fruta para a lista, o mamão pode ser combinado tanto para o melão, para uma salada de frutas, quanto com o iogurte para um lanche saboroso e leve. Por conter a enzima papaína, facilita o funcionamento do intestino.

Gostou das dicas? Comente aqui qual foi sua favorita e continue acompanhando o blog para mais novidades!

Como evitar os resfriados nesse inverno?

Com a chegada do inverno é comum que fiquemos mais suscetíveis à alergias, gripes e resfriados que surgem com a intensificação do frio e da umidade. Porém, algumas dicas de cuidados simples podem ajudar você e sua família a evitarem os males da temporada mais fria do ano.

Confira abaixo algumas dicas simples para manter a saúde em dia durante o inverno brasileiro:

• Mantenha-se hidratado: um dos pontos mais importantes para manter a saúde o ano inteiro é o consumo diário de pelo menos 1,5l de água. Esse consumo pode variar de acordo com seu peso, por isso, confira sempre a quantidade ideal com seu médico. A água ajuda a melhorar o sistema imunológico e protege seu corpo dos resfriados.

• Tenha uma dieta balanceada: uma alimentação bem equilibrada com frutas, legumes e proteína serve como um escudo de proteção intensa do seu corpo contra o adoecimento. Os nutrientes contidos nesses alimentos ajudam seu corpo a criar forças para se prevenir dos vírus.

• Lave bem as mãos após estar em lugares públicos: O frio intensifica as alergias, que acabam gerando espirros e tosses frequentes. Quando estamos em locais públicos, acabamos tendo muito contato com superfícies contaminadas. Por isso, ao chegar em casa, busque sempre lavar bem as mãos com sabão.

• Mantenha uma rotina de exercícios: a prática de exercícios pode ficar mais complicada com o frio, mas reservar pelo menos 20min do seu dia para alguns exercícios básicos em casa ajudam a manter a forma e a saúde em dia.

Por último, mas não menos importante: se agasalhe! Sabemos que a temperatura pode variar muito durante o dia, mas busque sempre levar um abrigo reserva para evitar passar frio em locais externos.

Desejamos uma ótima temporada de inverno!