Transtornos psicológicos associados à obesidade

É muito comum associarmos a obesidade à possíveis problemas psicológicos e, a pergunta que muitos fazem é se o indivíduo engorda por causa do seu emocional, ou se o seu problema psicológico vem depois da obesidade.

Para essa pergunta ser respondida, podemos apenas dizer que cada caso é diferente do outro, sendo vistos de formas distintas.

De acordo com dados clínicos, indivíduos obesos possuem mais chances de sofrerem transtornos emocionais mais graves, assim como quanto maior o grau de insatisfação pessoal, maior a complexidade na hora de buscar um tratamento.

transtornos emocionais na obesidade

Entre os problemas psicológicos associados à obesidade podemos citar a ansiedade, dificuldade sociais e sexuais, timidez, excesso de preocupação com atividades simples, depressão, baixa autoestima, alteração da imagem corporal e outros.

A compulsão alimentar, presente em 50% dos indivíduos com sobrepeso é um exemplo de como o cérebro e os seus transtornos podem estar diretamente relacionados ao ganho excessivo de peso.

O tratamento destes pacientes sempre vai envolver o acompanhamento da psicoterapia no processo de emagrecimento, a obesidade e os transtornos emocionais devem ser tratados juntos para que o emagrecimento permanente seja alcançado com maior facilidade.