Cirurgia da Obesidade – Dieta no pré e pós-operatório

04. blog

Objetivos e Características da Dieta no Pré e Pós-Operatório

O objetivo da dieta no pré-operatório é preparar o trato-gastrointestinal para o procedimento bariátrico. Após o procedimento, a dieta visa a preservar a nova estrutura, além de prevenir carências nutricionais graves, já que a chegada dos nutrientes ao jejuno proximal ocorre, agora, sem o preparo fisiológico, e a ingestão alimentar fica limitada mecânica e funcionalmente. Assim, os alimentos devem chegar ao novo estômago em pequenas quantidades (30 ml iniciais de hora em hora, aumentando gradativamente), de forma lenta, em consistência líquida e sem resíduos.

A 1ª fase pós-cirurgia é realizada no hospital. A introdução de líquidos claros ocorre a partir do 3º ou 4º dia PO. A liberação da dieta fase 1 será feita pelo médico cirurgião ou clínico a partir do estado do paciente e da presença de ruídos hidroaéreos.

A dieta fase 2 inicia quando o paciente chega em casa. A nutricionista prescreve-a na última consulta pré-cirurgia, e reforça as orientações nas visitas do paciente ao hospital. A dieta líquida completa é hipocalórica, hipolipídica, fracionada em seis vezes ao dia, com hidratação nos intervalos, e volume de 100ml por refeição. O VET é de cerca de 650 kcal/dia, com uso de suplemento alimentar.

Na fase 3, a dieta é hipocalórica, hipolipídica, liquidificada com volume de 150 ml e valor calórico aproximado de 1100 kcal/dia, mantendo fracionamento, uso de suplemento alimentar e hidratação nos intervalos das refeições.

A fase 4 corresponde a uma dieta pastosa, hipocalórica e hipolipídica com volume de 200g por refeição, VET aproximado de 1200kcal/dia e hidratação nos intervalos.

Na fase 5, a dieta prescrita é branda, com volume de 200g a 250g e VET de 1400 kcal/dia.

Na fase 6, é orientada uma dieta normal, em que o objetivo é promover a reeducação alimentar do paciente. Hábitos alimentares mais saudáveis e um novo estilo de vida, que inclui a prática regular de atividade física, manterão o peso em nível adequado e saudável.

Em todas as fases, o aumento de volume e a introdução de novos alimentos na dieta dependerão da evolução do paciente. Após a fase 6, é importante que o acompanhamento nutricional seja realizado por pelo menos dois anos após a cirurgia.

Dicas de Dieta

  • Faça todas as refeições prescritas pela Nutricionista. O fracionamento das refeições evita carências nutricionais e garante um emagrecimento adequado.
  • Escolha alimentos frescos e da estação, desta forma você garantirá uma refeição segura e variada.
  • Higienize bem as frutas e vegetais antes de utiliza-las.
  • A evolução da dieta deverá ser feita pelo nutricionista a cada mudança de fase, desta forma, mantenha o acompanhamento nutricional.
  • O copo medidor é um utensílio muito importante nesta fase, tenha-o sempre por perto;
  • Lembre-se, a hidratação nos intervalos das refeições é muito importante, desta forma ingira água, ou suco de limão sem açúcar ou chá 30 minutos antes ou após as refeições.
  • Sua capacidade gástrica atual é menor, desta forma respeito o volume prescrito.

Sugestão de Cardápio

Desjejum

Batida de banana: Leite desnatado 80ml + 1 colher de sobremesa de banana + 1 colher de sopa de suplemento nutricional

Lanche da Manhã

Suco de mamão: 50ml de água + 50g de mamão

Almoço

Sopa de moranga Cabotiá: Moranga + alho e cebola picados + 1 colher de sopa frango desfiado + água + sal a gosto + 1 colher sobremesa de óleo de canola (cozinhar e liquidificar todos os ingredientes). Servir a porção prescrita pela nutricionista.

Lanche da Tarde

Leite morno: Leite desnatado 100ml morno + 1 colher de sopa de suplemento nutricional Jantar

Sopa de espinafre: Espinafre só a folha + cebola + tempero verde + batata + 1 colher de sopa de fígado de boi + sal a gosto + água + 1 colher sobremesa de azeite de oliva (cozinhar e liquidificar todos os ingredientes). Servir a porção prescrita pela nutricionista.

Ceia

Iogurte líquido sem açúcar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *