Tendências de nutrição em 2019

Carnes, insetos ou bactérias funcionais, estas vão ser as principais tendências alimentares para o ano de 2019. Conheça o top 10, segundo a Benchmark, consultora americana na área da hotelaria.

Vamos para as dicas:

Chás – Chá de pressão ou em shots pode ser algumas das formas inovadoras de tomar esta bebida.

cha-de-ervas-para-pressao-alta_14087_l

 

Carne alternativa – Novos tipos de carne ou cortes vão começar a fazer parte do menu de vários restaurantes.

unnamed

Bactérias funcionais – Estas bactérias podem ser consumidas em kimich, pickles ou em forma de creme, iogurtes.

pasted image 0

 

Insetos comestíveis – Os insetos já são consumidos em várias partes do mundo e podem ser um bom substituto da carne. Também reduzem a pressão ambiental provocada pela produção pecuária.

pasted image 0

Vegetarianismo– Os restaurantes vão ter cada vez mais espaço nos seus menus para pratos vegetarianos.

pasted image 0

Curtiu essas tendências? Não esqueça de comentar qual dessas tendências acima você prefere!

Ah, e não esquece de ler nossos últimos posts

Descubra como brincadeiras podem ajudar a combater a obesidade infantil

Como cuidar da obesidade na adolescência?

Como cuidar da obesidade na adolescência?

A Obesidade na adolescência dê uma atenção! Nos últimos anos trouxeram um aumento expressivo nos casos de obesidade na adolescência. Somente no Brasil, o número de casos cresceu nos últimos 20 anos. É um problema grave que precisa urgentemente de atenção.

obesidade

Podemos dizer que os adolescentes estão dentro de um grupo de alto risco nutricional. Eles comem muito, em geral, mas ingerem os alimentos errados. Além de inúmeras doenças que acompanham a obesidade, como diabetes, hipertensão, dermatites, problemas posturais e dores pelo corpo por conta do excesso de peso.

Quando sofremos com a obesidade na adolescência, nossa autoestima é diretamente afetada. Há diversos registros de casos de depressão em consequência da obesidade.

Causas da obesidade na adolescência

A obesidade tem diversas causas. Dentre seus fatores predisponentes estão:

  • Fatores genéticos: filhos de pais não obesos têm 9% de possibilidade de se tornarem obesos, enquanto que se um dos pais for obeso a chance sobe para 40% e se ambos os pais forem obesos, para 80%
  • Fatores individuais: cada indivíduo tem suas próprias características de metabolismo, com maior ou menor capacidade de ganhar ou perder peso
  • Fatores ambientais: têm grande influência na obesidade do adolescente, geralmente consequente ao grande aporte de calorias e baixa quantidade de atividades físicas. O erro alimentar e o sedentarismo são responsáveis por grande parte dos casos de obesidade na infância e adolescência
  • Doenças: apesar de não serem a causa mais comum de obesidade, existem algumas doenças que podem desencadeá-la, como doenças endocrinológicas ou síndromes genéticas.

A obesidade na adolescência pode e precisa ser tratada enquanto doença clínica. Faz necessário acompanhamento médico, dietas aliadas a prática de exercícios físicos, mas também, é muito importante que seja acompanhada psicologicamente, para que o adolescente consiga transpor os possíveis problemas emocionais desenvolvidos com a doença.

Fonte: https://goo.gl/SJKsPD

Gostou? Leia nossos últimos posts

Descubra como brincadeiras podem ajudar a combater a obesidade infantil

Palestra no XII Sul Gastro 2018

Como manter a alimentação saudável nas festas de final de ano!

Todo mundo sabe que é difícil lidar quando você bate o olho naquele banquete de natal e ano novo. Saiba que não é errado comer tudo, mas sim comer em grandes quantidades. Um pedacinho de frango, combinado com muita salada é sempre bom. E para quem é fã de arroz com uva passa, pode fazer com um arroz integral que fica excelente.banquete-dieta

Pensando nisso, anotei cinco dicas para você manter uma alimentação saudável nas festas de final de ano, vamos lá?

1 – Tenha cuidado com as cervejas, refrigerantes, sucos, caipirinhas, sorvetes e outras bebidas geladas, ambos contêm calorias. Caso você tome muito alguma dessas aí de cima, BEBA ÁGUA. Aposte em duas garrafas de água de 1,5 litro  diariamente. Tomar água melhora a circulação, o sistema renal e elimina as toxinas.

2 – Sua família costuma fazer churrasco? Então atenção! Durante o churrasco sempre rola aqueles petiscos ou aperitivos. Saiba que se você unir pequenas quantidades de carne com uma variedade bem grande salada, você irá aproveitar e se manterá na dieta . Mas nada em excesso, ok?

natal-dieta

3 –  A sua avó trouxe uma tigela gigante de torta de bolacha e você só pensa em comer. Esse macete vai ajudar você a controlar a vontade de comer guloseimas. Antes do almoço ou jantar, tome um iogurte desnatado ou coma sua fruta preferida. Porém, cuidado com os refrigerantes, lembre sempre da primeira dica!

4 – Mas você realmente não consegue se controlar em comer os doces de natal, não é? Então, que tal se prepara antes? Um mês antes capriche bem na salada, evite gorduras e refrigerantes. Então no natal ou ano novo, você pode aproveitar aquele doce ou lentilha deliciosa.

5 – A última dica é praticar exercícios físicos regularmente são a melhor forma de gastar energia e queimar os quilinhos extras. Mesmo no calor, aposte em atividades moderadas e em horários mais frescos para se exercitar. O suor excessivo faz com que o corpo perca mais água em menos tempo. Então, não esqueça de hidratar o corpo bebendo muita água. Para quem pretende experimentar os docinhos da ceia, invista na malhação e aproveite a festa sem culpa.

Então, tudo pronto para o natal? Não esqueça de ler nossos últimos posts:

Descubra como brincadeiras podem ajudar a combater a obesidade infantil

Palestra no XII Sul Gastro 2018