Bypass ou Sleeve? Conheça as vantagens e desvantagens de cada procedimento.

Recebemos diariamente diversas perguntas relacionadas aos tipos de Cirurgia Bariátrica e qual opção é a melhor para cada paciente. Por isso, compilamos no blog algumas das principais características de cada cirurgia e também os prós e contras de cada uma! Confira:

Semelhanças: ambos os procedimentos — tanto o bypass gástrico ou a gastectomia vertical (sleeve) — utilizam a redução da área estomacal como meio de diminuição do peso corporal. Porém, os métodos possuem diferentes resultados que dependem do problema principal enfrentado pelo paciente.

BYPASS GÁSTRICO:
– Geralmente indicado para pacientes diabéticos;
– Perda de peso significativa;
– Possibilidade de ser revertida em alguns casos;
– Favorece a produção de hormônios intestinais capazes de aumentar a sensação de saciedade;
– Exige alguns cuidados adicionais e suplementação após o procedimento;
– Relativamente mais complexo que o Sleeve.

GASTECTOMIA VERTICAL (SLEEVE):
– Tempo de internação menor (em média de 2 dias);
– Perda de peso significativa;
– Sem possibilidade de reversão;
– Método mais simples e menos invasivo;
– Pode intensificar o refluxo em alguns casos.

Ainda tem dúvidas sobre cada tipo de procedimento? Agende uma consulta com o Dr.!

4 Alimentos Que Ajudam a Melhorar a Imunidade

Em tempos de pandemia e alergias da primavera, uma boa alimentação tem a capacidade de melhorar sua imunidade e proteger seu organismo de diversas possíveis doenças e alergias.

Por isso, neste Dia Mundial da Alimentação, aproveitamos para trazer no blog alguns alimentos fundamentais para manter sua imunidade alta e evitar complicações futuras. Confira:

1. Frutas Cítricas
A maioria das frutas cítricas — como laranja, acerola e kiwi — são ricas em Vitamina C, que aumenta a resistência do organismo e funciona como um antioxidante.

2. Alho
Muito utilizado como tempero na culinária brasileira, o alho possui propriedades anti-inflamatórias e anti-infecciosas. Apesar do sabor intenso, recomenda-se consumi-lo cru, para que não perca suas propriedades.

3. Gengibre
Tanto nas bebidas, quanto nos alimentos, o gengibre é um forte aliado para uma imunidade mais alta. Além de vitaminas B6 e C, também possui ação antibacteriana!

4. Iogurte
Com probióticos naturais e lactobacilos, ajuda a recompor as bactérias benéficas da flora intestinal, que por sua vez também reforçar o intestino para que fique mais resistente.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o blog do Dr. De Carli para receber mais!

Como introduzir uma dieta mais saudável para os pequenos?

A má alimentação na infância, além de gerar problemas na qualidade de vida da criança, também pode levar a diversos problemas de saúde como a obesidade infantil e a diabetes. A introdução de uma dieta balanceada e saudável desde o começo da vida ajuda a evitar tais problemas, mas sempre há tempo para readequar a dieta das crianças.

Confira abaixo 4 dias para introduzir uma alimentação mais saudável para os pequenos:

1. Envolva a criança no processo de preparação das refeições. Além de se sentirem parte de algo maior, as crianças desenvolvem mais apreço pelo alimento.

2. Trabalhe a criatividade! Pode ser que uma porção de brócolis cozido não atraia a criança logo de cara, mas introduzi-lo em um molho ou ralado no arroz pode facilitar para desenvolver o interesse.

3. Seja o exemplo! Os pequenos são facilmente influenciáveis e irão confiar no que você mostrar que vale a pena testar. Por isso, comece mostrando como os legumes e verduras podem ser saborosos e beneficiá-los.

4. Seja persistente. Claro que introduzir uma dieta nova pode ser um desafio. Por isso, é preciso continuar testando diversas receitas até encontrar uma que ajude a convencer a criança que uma alimentação saudável pode ser muito saborosa.

Gostou das dicas? Continue acompanhando o blog para ver mais e nos siga nas redes sociais!

Como evitar alergias na Primavera?

Você é daqueles que quando chega a Primavera já se prepara para as crises alérgicas e rinite? Pois saiba que você não precisa passar toda a estação sofrendo com alergias severas e medicação! Algumas atitudes simples, como secar as roupas no sol para evitar ácaros, podem ajudar a tornar essa estação menos sofrida.

1. Busque limpar regularmente a casa para evitar acúmulo de pó e outras partículas. A limpeza dos tapetes, almofadas e cortinas também deve ser redobrada!

2. O ar condicionado em temperatura amena ajuda a purificar o ar. Mas lembre-se que para isso é preciso que o filtro do aparelho esteja limpo. Caso contrário, as alergias podem piorar.

3. Evite produtos de limpeza com odor muito forte. Eles podem intensificar ainda mais as alergias causadas pela Primavera.

4. Busque secar as roupas que mais utiliza no sol, para que as peças não acumulem ácaros e outros microorganismos que podem piorar a rinite.

5. Evite locais com muitas flores e vento, como jardins. Por mais que sejam uma opção de passeio agradável durante a Primavera, esses locais tendem a acumular ainda mais pólen, o que prejudica a respiração.

6. Por último, não se esqueça de sempre lavar o nariz com soro fisiológico pelo menos uma vez ao dia, para remover impurezas e manter as vias respiratórias limpas e abertas.

Gostou das dicas? Siga o blog do Dr. De Carli para receber mais!