Entenda mais sobre proteínas

Existem muitos alimentos fontes de proteínas. Olha só alguns exemplos:

Fontes de proteína animal:

  • Carnes em geral, peixes, ovos, queijo, leite

Fontes proteína vegetal:

  • Feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, quinoa, soja

 

Mas afinal, por que as proteínas são tão importantes?

As proteínas possuem diversas funções importantes para nosso organismo. Conheça algumas:

– Exercem função de defesa, produzindo os chamados anticorpos.

– Exercem função hormonal: muitos hormônios do nosso organismo são de natureza proteica, como por exemplo, a insulina.

– Exercem função de transporte: como, por exemplo, a hemoglobina, proteína responsável pelo transporte de oxigênio no sangue.

 – São os instrumentos através dos quais é expressa a informação genética;

Exercem função estrutural: estrutura dos tecidos, como por exemplo, a queratina e o colágeno.

– Exercem função enzimática: toda enzima é uma proteína. As enzimas são fundamentais como moléculas aceleradoras das reações biológicas.

 Não é à toa que o nome proteína vem do grego ‘‘proteios’’ que significa “de importância primária”.

A importância de uma equipe multidisciplinar para a cirurgia bariátrica

A obesidade é uma doença crônica provocada por vários fatores: genéticos, ambientais e psicológicos, entre outros e, por se tratar de uma doença crônica e progressiva, o paciente obeso deve ser tratado pelo resto da vida.

Ao se submeter a um procedimento bariátrico, o paciente deve ter assistência de uma equipe multidisciplinar composta por vários profissionais da saúde, os quais auxiliarão nas mudanças comportamentais.
É preciso estar preparado para seguir corretamente as orientações passadas pelos especialistas e mudar de estilo de vida. A equipe multidisciplinar propõe a inter-relação entre os profissionais da saúde, oferecendo um atendimento mais personalizado ao paciente, sendo abordagem mais ampla com resultados mais efetivos.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica, a equipe multidisciplinar deve ter profissionais habilitados ou com conhecimentos suficientes para o atendimento do paciente com obesidade mórbida, nas áreas de cirurgia bariátrica, endocrinologia, clínica, nutrição, psiquiatria ou psicologia, anestesista, enfermagem e eventualmente outros especialistas.

O cirurgião será o profissional capacitado a auxiliar na escolha da técnica cirúrgica, enquanto o médico clínico atenderá as comorbidades do paciente. O nutricionista será responsável pelas prescrições das dietas específicas em cada fase do pré e pós-operatórios, bem como orientações de mudanças alimentares e estilo de vida. O psiquiatra e psicólogo trarão, junto ao paciente, as mudanças comportamentais que estão relacionadas aos hábitos alimentares e estilo de vida inadequados, os quais levaram a obesidade. Com a orientação de cada profissional, o paciente terá um atendimento amplo, muito mais sustentável e específico, tendo excelentes resultados.